NOTÍCIAS

Angra irá ganhar mais três creches municipais - 10/05/2012


Em reunião com o Ministro da Educação, foram discutidas soluções para melhorar o transporte dos alunos



 


A secretária de Educação, Rita Salomão, e o subsecretário de Ciência e Tecnologia, Luciano Nóbrega, estiveram em Brasília para tratar de assuntos importantes para a educação do município. O encontro, com representantes do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) e do MEC (Ministério da Educação), agendado pelo deputado federal Fernando Jordão, aconteceu no mês de abril e teve como assuntos principais a construção de mais creches municipais, transporte marítimo e terrestre.

 

Ao FNDE, a secretária de Educação e Tecnologia solicitou três creches municipais, que farão parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). As novas instituições serão no mesmo modelo da creche do Bracuí. Os bairros contemplados são: Parque Mambucaba, Parque Belém e Campo Belo. Segundo o coordenador-geral de Infraestrutura Educacional, Tiago Raünz, a verba estará disponível para o município até o mês de junho. Com isso, a prefeitura pode iniciar o processo licitatório para a construção efetivamente.

 

Foi colocado também nessa reunião o pedido de melhoria para duas quadras de esportes, através do PAC 2, na Escola Municipal Nova Perequê, no Parque Mambucaba, e na E.M. Cleusa Jordão, na Japuíba. Nesses dois locais, estão sendo feitos estudos no solo, chamados de sondagem, para receber a estrutura de quadra de esportes.

 

No MEC, a secretária apresentou a atual estrutura de transporte marítimo e terrestre das escolas municipais para o ministro da Educação, Aloizio Mercadante. Foram discutidas melhorias para o setor, com as peculiaridades de cada região, e a necessidade da ampliação da frota de ônibus especiaispara cadeirantes.

 

Segundo o ministro da Educação, o município pode participar do Programa Caminho da Escola, para aquisição de embarcações, em parceria com a Marinha do Brasil, como o implantado, recentemente, na Amazônia. As embarcações passam por adaptações para receber os pequenos. Esse programa irá facilitar as atividades dos moradores de ilhas que ficam longe de polos estudantis.

 

A secretária apresentou, também, o Projeto Biblioteca Espumas Flutuantes – bibliotecas itinerantes. O projeto chamou a atenção do ministro para inspirar outros projetos do MEC pelo Brasil.

 

 

Fonte: Subsecretaria de Comunicação - PMAR