NOTÍCIAS

Condomínio Cidadão recebe moradores - 16/02/2011


Primeiras 140 famílias beneficiadas terão as chaves dos apartamentos na sexta-feira


            Na próxima sexta, 18 de fevereiro, a partir das 16h, acontece a inauguração do Condomínio Cidadão, no Areal, construído para abrigar parte dos moradores retirados de áreas de risco no município. Além de contar com as presenças das autoridades locais – integrantes do Governo Municipal, vereadores e outros –, quem também participará do evento é o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral.

  O condomínio, que demorou seis meses para ser construído, é oriundo de uma parceria entre a Prefeitura de Angra dos Reis, Governo do Rio de Janeiro e Governo Federal.

Quanto aos critérios de escolha para a distribuição dos moradores entre os blocos e apartamentos, vale ressaltar que as famílias já haviam preenchido uma pesquisa de intenção onde manifestaram suas preferências. Além dessa pesquisa, a Comissão Reestruturar – criada para acompanhar os trabalhos de reestruturação do município após as chuvas do início do ano passado e para atender os moradores vitimados pela tragédia – levou em consideração outros critérios. No primeiro andar – térreo –, a preferência foi para deficientes, idosos e famílias com muitas crianças; no segundo, famílias com crianças e idosos que não quiseram ficar no térreo e expressaram isso na pesquisa de intenção; no terceiro e quarto, família com pessoas mais jovens e com poucas crianças; no quinto, pessoas sem filhos ou que escolheram essa opção. Famílias que possuem animais de estimação ficarão nos blocos 2, 3 e 7.

            O Condomínio Cidadão do Areal é composto de sete blocos de cinco andares com quatro apartamentos por andar, totalizando 140 apartamentos. Cada família tem, em média, cinco pessoas, o que significa que aproximadamente 700 pessoas devem se mudar para o novo endereço no dia 18. O prefeito Tuca Jordão se comprometeu a pagar mais dois meses de aluguel social para as famílias após a entrega dos apartamentos para ajudar na colocação do piso e demais despesas decorrentes da mudança. Outros dois condomínios estão sendo construídos para reassentar as famílias – na Pousada da Glória e na Japuíba. Somados os três condomínios, 800 apartamentos serão entregues.

Após a entrega das unidades que foram inicialmente construídas, outras famílias serão contempladas com novos lares. E tanto o trabalho da Prefeitura de Angra quanto o da Comissão Reestruturar vai continuar. 

               

Fonte: Subsecretaria de Comunicação - Prefeitura Municipal de Angra dos Reis