NOTÍCIAS

Defesa Civil faz nove vistorias emergenciais durante as chuvas - 12/11/2010


O acumulado foi de 120mm de chuva durante 14 horas


     


          Durante as 14 horas de chuvas (de quarta-feira, 10, a quinta-feira, 11) a equipe da  Defesa Civil municipal realizou nove vistorias emergenciais em Angra dos Reis. Nesse tempo choveu, das 18h35 às 8h, 120mm, o volume aproximado da média de um mês de chuva registrado durante o ano, que é de 180mm. O acumulado foi

maior das 18h35 à 0h:105mm. A Defesa Civil ficou no período em estado de alerta.

Houve deslizamentos no Morro da Cruz (a terra desceu e atingiu um muro de uma casa já interditada em janeiro deste ano), e no Balneário, por prevenção, a equipe do plantão removeu uma família de sua casa. No Morro da Constância e na Fortaleza também houve escorregamentos, a Defesa Civil avaliou a situação como sendo de risco médio. Na Rodovia Mário Covas houve deslizamentos de terra e de pequenos blocos de rochas na altura do Camorim e da Mombaça, deixando a estrada parcialmente interditada. O Dnit foi acionado ao local pela Defesa Civil. O trânsito já está normalizado.

Alagamentos ocorreram em dois bairros, na Santa Rita II e no Bracuí. Nesse último, a Defesa Civil removeu quatro moradores instalando-os em casa de familiares, até que o nível da água voltasse ao normal. Não houve desabrigado e ninguém se feriu.

Desde o começo de novembro, por determinação do secretário de Governo e Defesa Civil, Carlos Alexandre Soares, a Defesa Civil está em estado de atenção devido ao período de chuvas. O esquema de trabalho é alterado, mantendo-se assim até o final do verão, março de 2011.T

Todos os funcionários ficam de prontidão, e preparados para atuar imediatamente aos chamados de emergência 24 horas por dia.

Fonte: www.angra.rj.gov.br