NOTÍCIAS

Começam as obras dos apartamentos - 26/05/2010


Famílias vítimas de deslizamentos e moradoras de áreas de risco serão realocadas


<!-- /* Font Definitions */ @font-face {font-family:Verdana; panose-1:2 11 6 4 3 5 4 4 2 4; mso-font-charset:0; mso-generic-font-family:swiss; mso-font-pitch:variable; mso-font-signature:536871559 0 0 0 415 0;} /* Style Definitions */ p.MsoNormal, li.MsoNormal, div.MsoNormal {mso-style-parent:""; margin:0cm; margin-bottom:.0001pt; mso-pagination:widow-orphan; font-size:12.0pt; font-family:"Times New Roman"; mso-fareast-font-family:"Times New Roman";} a:link, span.MsoHyperlink {color:blue; text-decoration:underline; text-underline:single;} a:visited, span.MsoHyperlinkFollowed {color:purple; text-decoration:underline; text-underline:single;} p {margin-right:0cm; mso-margin-top-alt:auto; mso-margin-bottom-alt:auto; margin-left:0cm; mso-pagination:widow-orphan; font-size:12.0pt; font-family:"Times New Roman"; mso-fareast-font-family:"Times New Roman";} span.tabelavest1 {mso-style-name:tabelavest1; mso-ansi-font-size:7.0pt; mso-bidi-font-size:7.0pt; mso-ascii-font-family:Verdana; mso-hansi-font-family:Verdana; font-weight:normal; font-style:normal;} span.subtitulo1 {mso-style-name:subtitulo1; mso-ansi-font-size:9.5pt; mso-bidi-font-size:9.5pt; mso-ascii-font-family:Verdana; mso-hansi-font-family:Verdana; color:#006699; font-weight:bold;} span.textos1 {mso-style-name:textos1; mso-ansi-font-size:9.0pt; mso-bidi-font-size:9.0pt; mso-ascii-font-family:Verdana; mso-hansi-font-family:Verdana;} p.western, li.western, div.western {mso-style-name:"\0022western\0022"; margin-right:0cm; mso-margin-top-alt:auto; mso-margin-bottom-alt:auto; margin-left:0cm; mso-pagination:widow-orphan; font-size:12.0pt; font-family:"Times New Roman"; mso-fareast-font-family:"Times New Roman";} @page Section1 {size:595.3pt 841.9pt; margin:70.85pt 3.0cm 70.85pt 3.0cm; mso-header-margin:35.4pt; mso-footer-margin:35.4pt; mso-paper-source:0;} div.Section1 {page:Section1;} -->

     Começou a construção dos condomínios habitacionais para a realocação dos moradores de áreas de risco em Angra dos Reis. O Prefeito de Angra, Tuca Jordão, esteve na quarta-feira, dia 19, nos terrenos do Areal e da Japuíba para acompanhar o início das obras. Ele estava junto de secretários e subsecretários municipais, técnicos da Empresa de Obras Públicas do Rio de Janeiro (Emop) e da Odebrecht. 

     Serão 800 unidades habitacionais distribuídas por três condomínios: no Areal, na Japuíba e na Pousada da Glória. As obras estão sendo realizadas com R$ 50 milhões, retirados dos R$ 80 milhões repassados pelo governo federal em caráter emergencial na ocasião das tragédias que vitimaram 53 pessoas no município. Os outros R$ 30 milhões estão sendo utilizados em obras de contenção.

     A prefeitura cedeu os terrenos dos três condomínios e irá acompanhar o andamento das obras, que serão executadas pela Odebrecht. A Emop é a responsável pela fiscalização das obras e gerência dos recursos.

     – Cada bloco é construído em fôrma de alumínio, em concreto armado, com parede de 10cm e uma malha 4.2 – explicou o engenheiro. A malha é feita de vergalhões e perpassa a estrutura do bloco. De acordo com Braga Júnior, essa forma de construção é rápida e a previsão é de que os condomínios fiquem prontos em seis meses.     

      A construção de cada apartamento terá um custo de R$ 80 mil para a prefeitura. O valor é calculado levando-se em conta os R$ 50 milhões divididos pelas 800 unidades, o que dá R$ 62.500,00 por unidade. A esse valor somam-se os gastos com infraestrutura, que incluem urbanização e rede de esgoto.                    

      Cada apartamento terá 45m2 e será dividido em sala (13,60m2), dois quartos (8,06m2 cada), cozinha e área de serviço (6m2) e uma sacada (3,90m2).

ANDAMENTO DAS OBRAS

JAPUÍBA: o terreno está sendo nivelado e o entulho, que havia sido depositado no local, retirado. A previsão é de que até o final desta semana a construtora inicie o estaqueamento.

POUSADA DA GLÓRIA: as 36 famílias residentes no local estão sendo removidas e foi dado início à demolição de suas casas. Algumas dessas famílias vão receber o Aluguel Social, outras estão provisoriamente no Sesc. Foi assinado um termo de garantia entre elas e a prefeitura para que elas voltem a residir no local depois do condomínio pronto.

AREAL: o terreno, onde funcionava o almoxarifado da prefeitura e o depósito de veículos apreendidos já foi entregue à construtora, que já trouxe o maquinário e está iniciando a colocação das estacas. O almoxarifado e o depósito foram demolidos na semana passada. O almoxarifado está funcionando provisoriamente no estacionamento da prefeitura, na Praia do Anil. Os veículos apreendidos foram levados para um terreno ao lado da Cedae, na Japuíba.   

 

Área do terreno

blocos

apartamentos

Japuíba

25.777m2

21

420

Pousada da Glória

16.476m2

12

240

Areal

5.677m2

7

140

Fonte: www.angra.rj.gov.br