NOTÍCIAS

População é ouvida sobre transporte público - 30/04/2010


Estudo da Coppetec vai apontar maneiras de racionalizar a oferta


A Fundação de Coordenação de Projetos, Pesquisas e Estudos Tecnológicos (Coppetec), órgão associado à Coppe/UFRJ, deu início a uma fase muito importante do estudo sobre o transporte coletivo municipal. A avaliação, que começou a ser feita em março, chega agora ao momento em que a população será ouvida sobre o assunto.

A partir do dia 5 de maio, uma equipe composta por 24 pesquisadores farão entrevistas domiciliares. Identificados com colete cor laranja e crachá, eles vão bater de porta em porta para saber o que cada família acha do transporte coletivo em Angra dos Reis. Desde a semana passada, os pesquisadores estão percorrendo os itinerários feitos pela empresa prestadora do transporte coletivo no município para avaliar o serviço. O estudo vai apontar maneiras de racionalizar a oferta de transporte público municipal de Angra, atendendo a uma das grandes preocupações do prefeito Tuca Jordão.

O secretário de Governo e Defesa Civil, Carlos Alexandre Soares, ressaltou que a pesquisa domiciliar é uma fase essencial do estudo.

“É muito importante ouvir a população para que o estudo seja completo. A Coppetec está fazendo um trabalho minucioso, e esta fase é fundamental para um resultado que identifique a real situação do transporte coletivo em nossa cidade. Fazer essa radiografia é uma das prioridades do prefeito Tuca Jordão”, disse Carlos Alexandre.

De acordo com o subsecretário de Transporte e Trânsito, Robson Oliveira, a previsão é de que esta fase do estudo seja concluída em um mês.

“Ainda será feita a avaliação de todo o período de pesquisa até que o estudo seja concluído. A previsão de todo o processo é de cinco meses”, disse Robson.

Já o coordenador do estudo, o professor da Coppe/UFRJ Frederico Campos, pede à população que abra a porta de casa aos pesquisadores e responda ao questionário com muita atenção.

“Todos os pesquisadores podem ser identificados pelo crachá e pelo colete. Os moradores de Angra devem estar cientes de que a opinião da população é muito importante para concluímos o estudo. Precisamos saber a opinião de quem utiliza o serviço de transporte coletivo em Angra”, ressaltou o professor.

Fonte: www.angra.rj.gov.br