NOTÍCIAS

ENTREVISTA COM O SUBPREFEITO RICARDO DUTRA - 13/05/2009


Os planos e expectativas referentes aos vários projetos existentes para o desenvolvimento da Grande Japuíba e adjacências.


 

            O subprefeito Ricardo Dutra recebeu Carmen Amazonas na sede da subprefeitura da Japuíba em 13/05/09 e falou sobre os planos e expectativas referentes aos vários projetos existentes para o desenvolvimento da Grande Japuíba e adjacências. A subprefeitura da Japuíba abrange uma vasta área, que vai desde o Morro da Cruz até o Ariró. Segue abaixo relato do subprefeito, que além de morador da Japuíba, já foi vereador e presidente da Câmara dos vereadores de Angra dos Reis, em 2008.

            Ele começa relatando sobre os projetos existentes para minimizar os alagamentos constantes após chuvas fortes em algumas ruas da Japuíba, principalmente onde está sendo instalado o Hospital Municipal, e que para isso há um estudo de drenagem sendo desenvolvido por engenheiros especializados. Falou também sobre o crescimento da Rua Itaperuna em termos de comércio e trânsito e que foi realizada uma reunião com representantes dos órgãos de interesse do governo Municipal, a fim de amenizar a quantidade de lixo nas ruas, aumentando o número de coleta e controlar o trânsito.

            Sobre a Rua Japoranga ele destacou a variedade de grandes empreendimentos comerciais, como: agências de carros, materiais de construção, maquinários, além da CICOM (clínica de ressonância magnética) e o laboratório de análises clínicas. “O que é necessário agora é planejar a Japuíba e prepará-la para esse desenvolvimento, de modo que seja benéfico e não nocivo.” (Dutra, 2008)

            Logo depois o subprefeito falou sobre o CEMANEE (Centro de Educação Municipal para Alunos com Necessidades Educacionais Especiais), que já está em fase final de instalação e que é o sonho de todos os deficientes, colocado em ação pela Secretaria de Ação Social de Angra dos Reis. O Centro proporcionará melhorias de serviços aos deficientes físicos, para que estes tenham a oportunidade mais tranqüila de desenvolver suas potencialidades, o que é um grande avanço para todos. Há também o Restaurante Popular, outro projeto da Ação Social, que será construído perto da Comisflu e que servirá aos trabalhadores que possuem pouca renda, permitindo-lhes o acesso à alimentação.

            Foi indagado sobre a reativação da Comisflu (Cooperativa Mista Sul Fluminense) e respondeu que devido aos problemas gerados pelas gestões anteriores, teve que ser desativada, mas que com a parceria da subprefeitura e a nova diretoria, é provável que a cooperativa volte a funcionar.

             Citou o projeto ao Horto, no Areal, que é uma parceria com a Subsecretaria de Parques e Jardins, e sua importância para o urbanismo, paisagismo, cuidando da estética e da beleza do local. Enumerou os projetos para a Japuíba, como as melhorias das praças (Porteira, Rua Mangaratiba e outros), o projeto da Marina no aeroporto e as melhorias da praia também do aeroporto, quadras esportivas, reformas das igrejas e do salão comunitário. Além disso, a subprefeitura está buscando criar um trabalho com atividades para crianças e jovens, a fim de tirá-los das ruas, para que tenham um melhor encaminhamento na vida e melhores perspectivas de futuro.

            Ricardo Dutra, pessoalmente e como subprefeito, acredita na Japuíba e que as pessoas podem se unir para conseguir melhorias para o bem comum. Segundo suas palavras, é muito importante fomentar o desenvolvimento com o aumento do comércio, vêem-se os supermercados, as escolas, como a reforma da Escola Municipal Santos Dumont e outros exemplos. Cada ação de desenvolvimento motiva outra e assim o bairro cresce. A função da subprefeitura é justamente colaborar com essa visão, é seguir a orientação do governo de forma que se crie condições para que o bairro melhore.